Gastronomia, concerto e museu com 500 réplicas em escala perfeita

Um passeio único. É o mínimo que se pode dizer de uma visita ao reino encantado do Sítio São Pedro de Guaratiba. A viagem começa com um concerto de música barroca pelas mãos do maestro e anfitrião Roberto de Regina – que toca num precioso cravo, cópia fiel de um instrumento do século XVIII – na majestosa Capela Magdalena.

Na sequência, os convivas se sentam à mesa para um almoço (ou jantar, a depender do agendamento) regado a bons vinhos. Após a sobremesa, café e licor em copinhos de chocolate. Com o corpo finamente alimentado, entra em cena uma festa para os olhos: o magnífico acervo do museu anexo. A visão é impactante. São cerca de 500 réplicas em rigorosa escala, minuciosamente confeccionadas em metal, papel, cartolina, madeira, plástico e borracha por Roberto de Regina, desde a juventude. Hoje ele já conta com 93 anos.

Lá estão reproduzidos as principais catedrais do mundo (Basílica de São Pedro, Notre Dame, Colônia, São Basílio, Yomeimon), trens e automóveis antigos (como o Peugeot 1904), aeronaves (incluindo o 14 Bis de Santos Dumont e o Wright Flyer, dos Irmãos Wright) e embarcações, à imagem da esquadra de Pedro Álvares Cabral. Sobressai-se, ainda, uma impressionante réplica do Vaticano, construída em papel.

 

Sítio São Pedro de Guaratiba
Estrada do Mato Alto, 6.024