Hostel no morro programa noites de jazz e festas com DJ

Quem disse que na favela só dá samba? O jazz é outro ritmo que anima a comunidade Tavares Bastos, no Catete, sede do Batalhão de Operações Especiais da Política Militar (Bope) e considerada uma das áreas mais seguras do Rio. Além da boa música, o cenário do The Maze configura um show à parte. Com uma arquitetura em estilo mediterrâneo, marcada por labirintos (daí adveio o batismo na língua de Shakespeare), e vista estonteante para a Baía de Guanabara e o Pão de Açúcar, o espaço tornou-se um point da noite carioca.

Idealizado há mais de 35 anos por Bob Nadkarni, correspondente inglês e ex-repórter da British Broadcasting Corporation (BBC), o The Maze é um hostel que tem a premissa de dividir com turistas o way of life do charmoso povo de sotaque chiado.

O grande diferencial, além da panorâmica privilegiada, são as jam sessions organizadas por Nadkarni — das quais ele próprio participa, empunhando um saxofone. A ideia surgiu após o gringo sacar que deveria aproveitar melhor a enorme varanda de sua casa — foi montado um albergue com quartos simples, mais acolhedores.

Para quem prefere um som mais dançante, com DJ e banda ao vivo, há a festa mensal Labirinto. Outra atração são os eventos gastronômicos, como o Hoje tem Curry. Os fãs da culinária indiana podem usufruir dessas iguarias todos os domingos, a partir das 13h. Nos outros dias, a casa — que serviu de palco para as gravações do clipe “Beautiful”, de Snoop Dogg e Pharrell Williams, e do filme “O Incrível Hulk (2008)” — oferece pizzas e esfirras. O estabelecimento do britânico se destaca ainda por apostar em projetos sociais, apoiando aulas de conversação em inglês, balé, futebol e basquete na comunidade.

As opções de transporte são variadas, por Kombi, mototáxi ou táxi comum (os mais empolgados podem subir a pé também), e não há dificuldade de acesso durante toda a noite.

The Maze
Rua Tavares Bastos, 414 –
Comunidade Tavares Bastos
Tel: (21) 2558-5547