Região do complexo esportivo é a segunda maior área de lazer carioca

A organização de grandes eventos na região – Jogos Pan-americanos de 2007, Jogos Militares de 2011 e Jogos Olímpicos de 2016 – propulsionou a execução do Complexo Esportivo de Deodoro. Como o legado dos torneios, ele se transformou no Parque Radical do Rio, no sopé do Maciço da Pedra Branca, com capacidade para receber quatro mil pessoas diariamente.

Num total de 500 mil metros quadrados de área livre a céu aberto, é o segundo maior espaço de lazer carioca, atrás apenas do Parque do Flamengo. O local sediou as competições de Mountain Bike, Ciclismo BMX e Canoagem Slalom, mantendo-se as respectivas instalações – como o lago artificial com três níveis de profundidade (1,95 m; 1,20 m e 45 cm) – abertas à população.

Lá, são desenvolvidas oficinas esportivas, práticas de reciclagem e educação ambiental, além de atividades lúdicas para conscientização sobre a importância da sustentabilidade. Lembremos que na cerimônia de abertura das Olimpíadas os atletas depositaram, em pequenos tubos, cerca de 14 mil sementes de 207 espécies nativas da Mata Atlântica (número representativo dos países participantes dos Jogos). Em dezembro de 2019 as mudas foram plantadas numa área de 50 mil metros quadrados dentro do Parque, originando a Floresta dos Atletas.

Parque Radical do Rio
Estrada Marechal Alencastro, 1.357