Estação levou energia elétrica pela primeira vez ao Centro do Rio

Edificação de tendências classicizantes, a Subestação Elétrica da Light da Rua Frei Caneca é a mais antiga da cidade. Executada entre 1907 e 1909, a então chamada Estação Terminal recebia o sistema de transmissão oriundo da usina de Fontes (Ribeirão das Lajes) por cima das montanhas que contornam o Centro do Rio.

Por espelhar um conjunto arquitetônico que retrata a fase de implementação dos serviços de fornecimento de energia elétrica no município e, também, o ingresso no Brasil de peças industrializadas em ferro fundido, o prédio foi tombado pela prefeitura em 1996. E representa um importante exemplar construtivo na paisagem do bairro do Catumbi.

Antes do erguimento do edifício principal, foram instalados no terreno dois outros blocos. No galpão, hoje demolido, foi organizada uma usina provisória, que possibilitou a implantação não só da Estação Terminal como a distribuição de energia ao Centro da cidade. Já o segundo prédio, ainda existente, abrigou as oficinas para a montagem da Estação Terminal. Esta, em estrutura metálica, representa atualmente o edifício central de um complexo de serviços. E um dos importantes monumentos da arquitetura carioca.

Subestação Elétrica da Light
Rua Frei Caneca, 363