No cume, vista panorâmica de todo o bairro de Campo Grande

Quem gosta de passeios em comunhão com a natureza não pode deixar de conhecer a trilha do
Morro Luís Barata, em Campo Grande, mais conhecido como Morro do Rui pelos moradores da região. Apesar de pouco divulgado, o local é um dos mais belos recantos do bairro e o destino ideal para trilheiros iniciantes, em razão da baixa dificuldade da subida.

Do início da trilha ao cume do morro, com altitude de 177 m, o trajeto perfaz 1,3 km e costuma render 30 minutos a pé. Apesar de não haver placas de sinalização, o caminho é bem marcado, de modo que o visitante dificilmente consegue se perder. O principal ponto de acesso fica na Rua Aratanha, na altura da portaria da Cedae, a melhor opção para os visitantes que vêm de fora de Campo Grande.

Outra opção se dá pela estrada do Monteiro, próxima ao cemitério do bairro, no logradouro conhecido como Caminho do Céu. “O morro não pertence a um parque, por isso não existe um cuidado especial. O caminho é mantido pelos próprios moradores, com apoio de alguns estabelecimentos locais. Mas a subida é tranquila e pode ser feita mesmo por quem não está tão habituado a esse tipo de passeio”, explica Thiago HD, também morador e especialista em trilhas.

O maior atrativo está nas belas paisagens, que podem ser contempladas tanto do alto quanto ao longo da trilha. Em poucos minutos de caminhada, já se avistam o maciço da Pedra Branca, a restinga da Marambaia e, em sua parte mais arborizada, o bairro de Guaratiba. No cume, os visitantes são recompensados com uma panorâmica de todo o bairro de Campo Grande, desde a região de São Jorge até o Brito. Ao fundo, é possível observar Santa Cruz, Vasconcelos, a praia de Sepetiba, as pedras do Rio da Prata e a Serra do Mendanha.

Trilha do Morro Luís Barata
Rua Aratanha – Campo Grande
(altura da portaria da Cedae)