Espaço subterrâneo na Glória expõe a narrativa da Era Vargas

Quem cruza a Praça Luiz de Camões, na Glória, muitas vezes nem se dá conta de que no subsolo há um valioso tesouro da história republicana do País. Inaugurado pela Prefeitura em 2004, o Memorial Getúlio Vargas é um museu subterrâneo, concebido para promover uma imersão na memória do ex-presidente brasileiro por meio de painéis com fotos, depoimentos gravados e outros recursos multimídias. O acervo se compõe de objetos doados pela família, amigos e instituições.

O projeto arquitetônico, assinado por Henock de Almeida, saiu de um concurso público nacional, em 1984, promovido pelo então governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, e seu secretário de Cultura, Darcy Ribeiro (o júri foi presidido por Oscar Niemeyer). O planejamento original previa a construção na Praça Mahatma Gandhi, em frente à Cinelândia. Com a ocupação posterior do espaço por um estacionamento subterrâneo, o memorial acabou sendo executado, vinte anos depois, na Praça Luiz de Camões.

No nível da rua, em frente ao Aterro do Flamengo, destacam-se o busto de Vargas, apoiado em um bloco-pedestal revestido de mármore branco, e uma grande escultura moderna sobre um espelho d´água circular. Ao lado desse monumento, fica a escada de acesso ao museu. Lá embaixo, o espaço de 1.800 metros quadrados conta ainda com um café-bar, cinema de arte, auditório e espaço para exposições e eventos culturais. A praça incorporou o memorial sem perder seus amplos jardins e as belas alas de palmeiras.

Memorial Getúlio Vargas
Praça Luiz de Camões, s/no – Glória
Tel.: (21) 2205-8191