Sebo na região portuária ajuda a formar profissionais há quase meio século

Um lugar que resiste ao tempo e se adaptou às novas tecnologias, mantendo, simultaneamente, a tradição. Essa é a Livraria Camerino, que à primeira vista parece apenas uma acanhada loja de artigos de papelaria e escritório. Mas a fachada simplesinha não mostra a rica beleza interior do estabelecimento. Desde 1971 instalado na região portuá­ria, em frente ao Jardim Suspenso do Valongo, a livraria tem sido um valioso patrimônio para a formação de inúmeros engenheiros, médicos e advogados de todo o Brasil.

Quem conta melhor essa história é Paulo Félix, segunda geração da família à frente do negócio. O pai, Sebastião Félix, foi um dos primeiros livreiros da cidade, tendo se iniciado na atividade em 1940, até fundar sua própria casa, a Camerino, na rua em que funciona até hoje e que batiza a loja. Paulo e Sebastião viram muita coisa mudar naquela área do Centro, a qual já atravessou fases de decadência e hoje vive um período de revigoramento, com grande circulação de turistas, que procuram a livraria atrás de edições sobre a história da região portuária.

Paulo relata que já foi interpelado diversas vezes por pessoas já formadas que compraram seus livros no local quando cursavam a universidade. Mas o negócio, acompanhando a modernidade, também se renovou, disponibilizando-se o acervo de 15 mil títulos também online, na plataforma Estante Virtual. Assim, alunos de 39 universidades espalhadas pelo país recorrem ao precioso baú da Camerino para adquirir publicações acadêmicas a preços mais em conta. Perguntado se, em meio à velocidade das transformações tecnológicas, nunca pensou em fechar o empreendimento, Paulo atesta que “o sebo nunca acaba, quem passa são as pessoas. As novas gerações ajudam a manter a tradição, e o espaço continua resistindo”. Além dos volumes didáticos, a casa oferece ainda revistas, guias e romances raros.

Livraria Camerino
Segunda a sexta, das 7h30 às 17h
Rua Camerino, 52 – Centro
Tel.: (21) 2233-3752