Cachorrão da Violante tem salsicha de 35 cm

A viagem pode começar a bordo do trem da SuperVia ou pela Linha Amarela, para aqueles que preferem ir de carro até o bairro da Piedade, em busca de uma verdadeira farra comestível. É nesse subúrbio carioca, espaço democrático repleto de diversidade, que o Cachorrão da Violante faz jus ao aumentativo para o prosaico hot dog.

Lá, a salsicha — ou linguiça — de impressionantes 35 centímetros quase desaparece sob uma montanha de ingredientes, do milho verde ao ovo de codorna, das passas às azeitonas. O toque final? Farta cobertura de queijo ralado, batata palha e uma profusão de molhos. Para quem quer fugir do tradicional, ainda há a exclusivíssima opção do cachorro quente de filé de peito de frango.

De tão badalado, o incrementadíssimo clássico da gastronomia de rua já foi apreciado inúmeras vezes pelo ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, que, em suas visitas às cercanias do bairro, sempre pedia a seus assessores uma paradinha básica para degustar o lanchão. A história é contata, com orgulho, pelo próprio dono do negócio, Walmir Ferreira (ou Walmir Cachorrão, como gosta de ser chamado). Quando não podia comparecer à loja, o alcaide fazia um extenso pedido e o mandava entregar em seu gabinete de trabalho — sim, para maior comodidade da fiel clientela, a casa também opera com sistema de delivery.

E as bombas calóricas não param por aí, como prova o Max Burgão, petardo acompanhado de queijos, molhos e bacon e capaz, dizem, de saciar a voracidade de quatro famintos. Os fãs de uma batata frita crocante ou de um milkshake bem cremoso também encontram no Cachorrão da Violante o destino certo. Para aproveitar ainda mais o programa, a dica é conhecer a ótica Igreja do Divino Salvador, a poucos metros do estabelecimento. E os torcedores de futebol que vão ao voltam do Estádio Nilton Santos também podem dar um pulo por lá, já que o famoso Engenhão fica uma estação antes, a Engenho de Dentro.

Cachorrão da Violante
Diariamente, das 18h à meia-noite.
Rua Bernardino de Campos, 28 – Piedade
Tel: (21) 3181-7848