Feira foi declarada bem de natureza imaterial da cidade pela Câmara Municipal

Barraquinhas com listras azuis e brancas no topo trazem para o calçadão da Avenida Atlântica trabalhos de artesanato, suvenires e produtos que são a cara da cidade. O Rio é protagonista na Feira do Lido: por onde os olhos passeiam, encontram-se imagens características, como o onipresente Cristo Redentor, em pinturas, camisas, esculturas, imãs e muito mais. Diversificados itens de vestuário, bijuterias, joias, artigos de decoração e lembranças personalizadas também exibem a cultura carioca.

A feira foi declarada bem de natureza imaterial da cidade, em reconhecimento a sua importância cultural pela Câmara Municipal. O local é bastante frequentado por turistas – aqui e ali, ouvem-se sotaques de outras línguas e cantos variados do Brasil. Se o objetivo for levar um pouco de carioquice para o lar, não faltam opções de enfeites e quadros que remetem aos principais pontos turísticos, além de esculturas de pássaros da fauna nativa.

As pinturas coloridas feitas com tinta acrílica do artista Clemelindo Azevedo, por exemplo, que retratam desde as passistas no samba até os Arcos da Lapa, só podem ser encontradas na feira. Ele expõe no local há dez anos e vende suas obras exclusivamente no Lido. Clemelindo conta que os principais compradores são turistas que gostam de levar para a terra natal uma lembrança afetiva da Cidade Maravilhosa.

Apesar de bem carioca, no quesito alimentação, a feira adota o sotaque de outro estado. A Barraca Canto da Bahia tornou-se parada obrigatória quando a fome bate. Difícil é escolher entre acarajé, abará, angu, vatapá, caruru e outros quitutes com o tempero apimentado e característico da região nordestina. E no final, para adoçar o paladar, cocadas e pés de moleque fecham o passeio com chave de ouro. É legal também fazer um programa combinado e dar uma esticada até a Praia de Copacabana, incrementando ainda mais as compras, entre uma ampla variedade de chapéus, óculos escuros, bolsas, biquínis, saídas de praia e cangas.

Feira do Lido
Sábados e domingos, das 8h às 18h
Praça do Lido, na divisa com a Avenida Atlântica, entre as ruas Ronald de Carvalho e Belford Roxo – Copacabana