Locadora produz filmes de baixo orçamento premiados mundialmente

Cidade-cenário, o Rio de Janeiro serve como pano de fundo de inúmeros filmes, novelas, entre outras produções visuais. Tão acostumado com as câmeras, o carioca é um apaixonado pela sétima arte. E a casa que abriga de blockbusters americanos a filmes europeus lado B tem endereço: a Cavideo, uma das últimas locadoras da cidade, localizada na Cobal do Humaitá.

A história da loja cult começou em 1997, quando o lutador de judô Cavi Borges sofreu uma lesão no quadril e ficou fora do tatame, sua paixão. Para matar um pouco a saudade do esporte, o atleta assistia a diversos filmes sobre lutas e artes marciais.  Nascia, assim, um outro encantamento, agora pelas películas, a ponto de motivá-lo a abrir uma locadora — que ficaria conhecida por ostentar nas prateleiras clássicos difíceis de encontrar, além de coleções completas de nomes consagrados, de Frederico Fellini a Charles Chaplin, passando por Alfred Hitchcock e Stanley Kubrick.

Logo, o espaço ganharia a atenção não apenas de cinéfilos, mas também de artistas como Selton Mello, Wagner Moura, Paulo José e Adriana Esteves. E se antes a luta de Cavi era no tatame, hoje ele encontra novos embates. Os serviços de streaming, TV a cabo e, principalmente, a pirataria, têm sido os principais responsáveis pelo fechamento de inúmeras locadoras em todo
o País. “Representamos um espaço de resistência cultural. Se o lucro vinha do aluguel de filmes, hoje criamos alternativas para manter a Cavideo aberta”, relata o proprietário.

Nessa perspectiva, ele, após entrar na faculdade de cinema, passou a organizar mostras na loja e ministrar oficinas sobre como produzir filmes com baixo orçamento. E abriu sua própria produtora, realizando curtas e longa-metragens que abocanharam até agora 180 prêmios em festivais nacionais e internacionais. O entusiasmo vai longe: já ajudou a abrir 22 cineclubes em diferentes pontos do estado, principalmente em lugares periféricos, onde existe acesso a uma cultura massificada. “Arte é educação”, afirma Cavi, que há anos promove uma versão da festa do Oscar, com direito a bolão, quiz e sorteios de prêmios. A cara da descontração carioca.

Cavideo
De segunda a sábado, de 11h às 22h
Rua Voluntários da Pátria, 446, loja 25 A – Humaitá Tel: (21) 2266-2239